Atalhos de Campo


9.12.18

exercício de jardinagem

Ora temos aqui uma jardineira!, afirma o senhor ao ver-me de luvas de jardim e sacho na mão, inclinada sobre o canteiro. Quando ele vem costuma trazer um grande saco para levar fruta, mas hoje trouxe a mulher e foi mais simpático do que é costume. Talvez por se estar a aproximar o Natal (o espírito natalício costuma descer sobre as pessoas durante o mês de Dezembro). Enquanto comia os três ou quatro dióspiros que ainda restavam na árvore, a senhora chamou a atenção do marido para aquela laranjeira, carregada de laranjas. Mas ele não se tentou, por esta vez, emitindo um não devem ter sumo nenhum, que lhe saiu com desinteresse pós-prandial por entre a barba e o bigode. Quando se foram embora o meu lado do jardim, rejuvenescido depois de cinco horas de trabalho, rejubilava ao sol. Isso é que é fazer exercício, disse o senhor, enquanto tirava as medidas à minha laranjeira que parece mesmo uma árvore de Natal.