Atalhos de Campo


5.9.17

a guerra no prato



Respeito muito os vegetarianos. Atualmente, a minha
alimentação e a da minha família é 60% vegetariana.


(...)matar um javali e ir lá com a faca sangrá-lo, 
tirar-lhe o sangue todo, fazer-lhe festinhas enquanto 
o sangue lhe cai pelo pescoço, (...) dar um tiro num 
pombo ou num faisão.
(...) ter um pombo e abri-lo todo, tirar-lhe o peito,
o coração, o fígado e os pulmões, tirar-lhe o sangue
com um paninho, tomar conta dele...

3 comentários:

  1. Não sou vegetariana, mas se tivesse de matar os animais que me caem no prato, de certeza me convertia às verduras e afins.

    ResponderEliminar