Atalhos de Campo


20.6.17

no regresso a casa

Ao chegar à povoação, já perto da hora do jantar, deparo com uma novidade: para além dos habituais homens sentados à porta dos cafés a beber cerveja, vejo também grupos de mulheres, mas em conjuntos separados. Encostadas aos muros e nos bancos em frente às casas, sempre em número de três ou mais, encontro-as a conversar ao ar fresco do princípio da noite. Suponho que não se trata de uma sublevação de mulheres porque me parecem bastante serenas. O que suspeito é que por estes dias as mulheres, no seu pragmatismo incomparável, sentiram boas razões para desligarem os aparelhos de televisão e atrasarem o jantar.