Atalhos de Campo


10.5.17

enquanto chove

Enquanto chove e escrevo, sentada no sossego do escritório, lembro-me da beleza do sítio onde estou, tão diferente da anterior planície. Vivo rodeada de montanhas, suavemente femininas, que, por vezes, dependendo da transparência do céu, deixam ver o mar. O caminho que percorro é belo, surpreendente a cada curva, as pedras dos muros, mesmo dos que estão em ruínas, encaixam na paisagem na perfeição, a vegetação é exuberante e natural, a terra vermelha e florida, as casas distanciam-se da estrada isolando-se numa espécie de privacidade encantada. Ciprestes majestosos ultrapassam o cume das montanhas para ficarem mais perto do sol. Não admira que um certo tipo de pessoas tenha escolhido este perfeito ninho da natureza para viver.