Atalhos de Campo


29.4.17

fora de horas



ana vê alice 
como se nada visse
como se nada ali estivesse
como se ana não existisse

vendo ana 
alice descobre a análise
ana vale-se
da análise de alice
faz-se Ana Alice

 você me alice
eu todo me aliciasse
 asas
     todas se alassem
 sobre águas cor de alface
ali
   sim
      eu me aliviasse

a vida varia
o que valia menos
passa a valer mais
quando desvaria

Paulo Leminski

Sem comentários: