Atalhos de Campo


25.3.17

aviso de recepção

Um blogue pode não terminar por uma eventualidade. Entrei na mercearia onde sou cliente, mas desta vez para perguntar onde era o correio. Aqui, apontou a proprietária em direcção à porta, sorrindo. Não me lembrava de ter visto nenhum posto dos correios nessa rua, culpei-me por distracção, saí, olhei, percorri o passeio, nada. Voltei atrás e entrei de novo, com ar interrogativo.  Aqui, aqui, apontou a simpática senhora para o lado de dentro. O correio é dentro da mercearia. E foi essa a única razão por que este blogue não acabou. 

2 comentários:

  1. Antigamente, a mercearia da minha rua também funcionava um pouco como posto de correios. Era lá que o carteiro deixava as cartas e que se compravam os selos. Mais recentemente, com o encerramento de postos dos CTT em várias localidades, o serviço voltou a ser prestado por mercearias ou outro tipo de lojas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem mesmo uma secção dos correios lá dentro, num recanto à entrada, com balcão e tudo.
      Achei delicioso, fez-me lembrar a simplicidade dos correios da minha adolescência.

      Eliminar