Atalhos de Campo


20.11.16

o ascendente e a boa pessoa

O Víctor de Sousa fez agora setenta anos e é escorpião, como tu. Vi-o num programa de televisão, rodeado de amigos. Também estava presente um astrólogo conhecido, entre vários escorpiões..., que referiu que o elemento do teu signo é a água; quando o ascendente também é um signo de água, afirmou ele, as pessoas de escorpião são mais sensíveis, ligadas às artes, bondosas... Sabes qual é o do teu? Exactamente esse, sou água mais água... Ai sim? Então és boa pessoa, garantiu a minha mãe.

8 comentários:

  1. A astrologia, se entretanto não lhe arranjarem fundamento científico credível, é a mais certeira base de dados estatística. Li há tempos um livro sobre signos em que até nas doenças acertavam! Fiquei fascinada.

    ResponderEliminar
  2. da astrologia, acredito em tudo, enquanto, simultaneamente, não acredito em nada. é fascinante.

    (já a mãe, acerta sempre, querida Teresa :)

    ResponderEliminar
  3. As mães sabem do que falam :) E eu confirmo, tenho dois escorpiões em casa. A astrologia é como as mães.

    ResponderEliminar
  4. Se estrelas mandam na vida,
    Quem mandará nessas ditas
    Entidades que acreditas?
    Tenho ideia indefinida

    Mas penso, à minha lida
    Que só as coisas bonitas
    Como estrelas infinitas
    São capazes de guarida

    No meu coração de amor.
    Olhando um céu de esplendor
    Creio qu'ele manda em mim.

    Deus é amor? Pois se for,
    É este o Superior
    Que me faz pensar assim.

    Meu abraço fraterno. Laerte (Silo).

    ResponderEliminar
  5. Se até a tua mãe o diz, atão eu acredito :)

    ResponderEliminar
  6. E eu estou com o Manel e com a Laura, claro! :)

    ResponderEliminar
  7. Boa! As reconfortantes deduções das mães...

    Na sequência do que já disseram, vou dar a palavra à clareza de Georges Antarès.
    "...il existe une corrélation étroite entre ce que l'on appelle le Macrocosme (système solaire) et le Microcosme que constitue l'être humain...La fameuse loi d'Hermès selon laquelle: «Ce qui est en haut est analogue à ce qui est en bas» correspond à une vérité primordiale.(...)

    Plus clairement, nous dirons que tous les êtres nés sous les influx d'une même journée contiendront tous plus ou moins en puissance l'état particulier du ciel ce jour-là mais individuellement chacun subira ces influences à un point de vue à un degré différent selon l'heure précise de sa naissance et la position géographique du lieu natal qui déterminent les positions astrales par rapport à l'horizon et au méridien.

    (...)l'homme est le seul être de la création qui puisse ne pas subir passivement les influences planétaires. Puis il s'élève spirituellement, moins il est sensible et la connaissance des lois astrologiques peut l'aider grandemente dans cette tâche.(...)

    Para mim, este último parágrafo resume o papel relevante da astrologia, como uma ferramenta que nos pode ajudar a conhecer a nós próprios, com o intuito de nos tornar mais competentes em todas as vertentes das nossa vidas.

    Água:)

    ResponderEliminar