Atalhos de Campo


13.10.16

Mudam-se os tempos...



Bob Dylan, Nobel da Literatura 2016!

4 comentários:

  1. Teresa, dentro dos cerca de 4 minutos deste video temos mais produção literária do que num qualquer livro de 327 páginas. Reparou?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (...)
      I've been walking forty miles of bad road
      If the bible is right, the world will explode
      I've been trying to get as far away from myself as I can
      Some things are too hot to touch
      The human mind can only stand so much
      You can't win with a losing hand
      (...)

      A poesia é uma espécie de literatura liofilizada, é só misturar tempo em vez de água, e temos um livro de 327 páginas... :)
      Gostei que ele ganhasse; foi uma surpresa absoluta, mas boa. Acho que a América precisava disto, neste momento.
      Boa noite, JM.

      Eliminar
    2. Esse é o único senão que vejo nisto do Dylan ganhar o Nobel: a América e as sua necessidades. E o mundo,sem excepção, ali está para dar o empurrão. Academia incluida, claro. De resto, conseguindo desprender-me desse elan, gostei e muito.

      Eliminar
  2. Tem razão, aquilo que agora pode ser bom para a América pode ser menos bom para Dylan, por ser conotado com isso. Repare nos empurrões que a América também já deu, mas enfim, este prémio nada deveria ter a ver com isso. Para esta geração vai ser bom tomar contacto com uma poesia era cantarolada um pouco levianamente, mas muito profunda na leitura silenciosa, onde pode ganhar outra dimensão, e também muito interventiva. Eu sou dessa época, em que Bob Dylan era obrigatório.

    ResponderEliminar