Atalhos de Campo


13.7.16

Como desenhar um Arco



Tudo o que li sobre ela foi maravilhoso, disse-lhe ao telefone. Alguém que parte mas sabe que vai ficar - que precisa de ficar - e chama a família a si para explicar que vai ser tudo fácil, que sente uma paz a chegar, que é só o futuro a chegar, diz baixinho ao neto, vamos construir juntos o futuro, ajuda-me, pede, mas é ela que ajuda, que ajuda sempre, vamos desenhar um caminho no chão e no ar, propõe, e trabalha com ele, e mobiliza todos, quer todos por perto, é altura de reconciliações, precisa de todos, mesmo dos amigos afastados. Desenha sem parar, e lê. Continua a ler, muito, livros grandes que corta ao meio, para ser mais fácil. Agora sei como é que há pessoas que nos ficam, digo-lhe, que continuam a crescer dentro de nós. Como árvores.  

Sem comentários: