Atalhos de Campo


23.7.16

a superioridade social

Deste modo, a superioridade social das fêmeas nos piscos ou canários é apenas aparente, provocada por inibições «cavalheirescas» que impedem os machos de dar sovas em suas mulheres. Comparando os costumes humanos às ritualizações animais, pode verificar-se um comportamento de forma muito análoga no homem das civilizações ocidentais. Mesmo nos Estados Unidos, feudo incontestável das mulheres, um homem realmente submisso não é apreciado. O que se exige do homem ideal é que, a despeito da sua enorme superioridade, tanto no plano físico como no intelectual, se submeta segundo leis ritualmente reguladas ao menor capricho da sua senhora. É característico que exista para designar o homem verdadeiramente submisso, e portanto desprezível, uma expressão tirada do comportamento animal; chama-se-lhe hen-pecked, ou seja, «bicado pela galinha». Este termo ilustra perfeitamente o que há de anormal na submissão masculina, porque um verdadeiro galo nunca se deixa bicar por uma galinha, nem que seja a sua favorita. Os galos não têm de resto qualquer inibição que os impeça de bater em suas esposas.

Konrad Lorenz/ A Agressão

Sem comentários: