Atalhos de Campo


7.6.16

metade amarelo metade negro


























10 comentários:

  1. Mas que fofinhos! Plagiando as manifestações de profunda admiração da minha caçula perante este belos exemplares felinos.
    Nós por cá, em apartamento citadino, temos um bichano que me acompanha à 18 anos, o Adriano Chamiço mais velho que ambas as minhas filhas, que cresceram com ele sempre por perto. :)
    Beijo Teresa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maravilhoso, Sandra! Espero que estes (que são dois irmãos e ainda não têm três anos) cheguem a essa bela idade do Adriano Chamiço. São nossos grandes amigos, os gatos, contrariamente ao que a maior parte das pessoas pensa. O meu filho também cresceu com um gato. Adormeciam todas as noites lado a lado. :)

      Eliminar
  2. Depois do dia que tive, Teresa, só mesmo os meus e estas imagens ( a anterior também) destes dois gatos tão lindos me fariam ficar aqui apalermada a olhar. Dá vontade de os trazer!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São tão amigos estes gatos que é comovente observá-los: lavam-se, brincam, dormem e comem juntos. Quando se afastam (por qualquer motivo das suas vidas ocupadas) e se reencontram, fazem uma festa. E são extremamente meigos com as pessoas. Hoje podes levá-los um bocadinho, mas duvido que os Pintas gostem!

      Tem uma noite descansada, Ava.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Já lhes falei da Amélia, uma miúda sofisticada smartphone & furla :)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Apanhadas em flagrante delito!

      Beijos, Maria Belezura. :)

      Eliminar
  5. Vi um documentário da BBC, sobre gatos :). No documentário distinguiam os gatos da cidade e os do campo (farm cats). Estes últimos criados em espaços mais amplos e que caçavam para comer. Segundo o documentário, os farm cats, têm tendência a viver em comunidade e cultivam mais a entreajuda. Mostrava também e uma vez que são territoriais o que sucede com gatos que vivem na mesma casa, que por vezes evitam o convívio directo.
    Penso que estes teus gatos devem adorar viver um com o outro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que foi muito importante virem dois, porque fazem companhia um ao outro. Se bem que não seja assim tão significativo para um gato de cidade, o gato é um animal gregário de origem e aprecia a companhia de outro gato. Estes dois adoram-se e ainda por cima vivem rodeados de cães... o que os torna ainda mais unidos. Também caçam, claro, é inevitável, e é engraçado que o amarelo caça de dia e o preto caça à noite, por uma questão de camuflagem. :)

      Eliminar