Atalhos de Campo


3.6.16

feudo





































































































































10 comentários:

  1. Eu, mera vassala neste teu feudo, deixei-me ficar a ouvir Akira Ifukube e a saborear o leve ondular das flores silvestres ao vento [estou pousada no centro amarelo do malmequer da primeira fotografia] :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não te sabia tão fotogénica. :)
      O feudo não é meu, é delas. Tenho pena que não passe também o perfume...

      Eliminar
  2. poderás tu sentir-te só no meio de tanta beleza?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. às vezes é contraproducente, ana, a beleza não partilhada também traz solidão...

      Eliminar
  3. São esculturas, Teresa. As flores são esculturas perfeitas, macias, flexíveis e vivas. Porque morrem.
    :-)
    Acho que até lhes sinto o cheirinho, tão bonitas são as fotos.
    Bom fim de semana, querida Teresa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Susana, agora deste um belo passeio comigo. Eu acho-as lindas. Perfumam a terra.
      Obrigada e bom fim-de-semana também.

      Eliminar
  4. Uma mistela de cores e de cheiros que, acredito, não consegues deixar de olhar e cheirar :)

    ResponderEliminar
  5. pois é... queria ouvi-lo de ti :)

    bom resto de domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tens graça... já disse. :)

      bom resto de Domingo, ana.

      Eliminar