Atalhos de Campo


18.6.16

e as flores, ainda



(18/6/2013 * 18/6/2016)

4 comentários:

  1. Flores, sempre...
    São lindas. Apaziguam-me o olhar depois do desespero que foi o jogo de Portugal. :)

    ResponderEliminar
  2. (...)
    "A flor que se abrir é já um pouco de ti. E a flor que te estendo,
    Mesmo que a recuses
    Nunca a poderei conhecer, nem jamais, por muito que a ame,
    A colherei."

    Daniel Faria

    Um beijinho perfumado de sol :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estas flores foram-me oferecidas num vaso pelo meu pai, quinze dias antes de morrer. Há três Primaveras que abrem, por altura dos anos dele. E essas palavras...

      Um beijinho, querida Smile :)

      Eliminar