Atalhos de Campo


3.4.16

Posted by Agustina

Cheguei à conclusão inesperada de que a beleza é 
um invento do homem civilizado, destinado a agir
como calmante e não como excitante.

Casamento/ Caderno de Significados

2 comentários:

  1. Eu diria que o invento da beleza advém da necessidade do Homem tocar a perfeição, o inatingível, o eterno. Não tem a ver com excitação, mas com a busca da serenidade que habita o tempo e o espaço. Há como que um apelo inconsciente e incessante de algo que se sabe existir e se pretende alcançar, mas que não se consegue determinar.

    "No Princípio o homem vivia num Jardim, onde havia muitas flores e frutos. Para reencontrar o Paraíso Perdido, foi obrigado a fazer o seu próprio jardim e tornar-se jardineiro; para suavizar ainda mais a insustentável leveza do ser, tornou-se poeta."(...)

    Renata Cordeiro

    Com um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "A beleza, na mulher e no homem, inspira simpatia, sem nada de picante nem provocador. Daí que tenha sofrido um certo eclipse e pareça fora de moda, pela sua inabilidade como salvação.(...)A beleza é uma dessas regras: o homem e a mulher recorrem à beleza para simular que resolvem as suas angústias; porque a beleza parece estabelecer um acordo entre todos. O que ela faz é provocar um estado de neutralidade e distanciamento."
      Agustina Bessa-Luís/ Casamento

      Eu já estou na fase do jardineiro que gostava de ser poeta, mas de continuar a ser jardineiro.
      Um beijinho, Madalena

      Eliminar