Atalhos de Campo


7.4.16

Passagem para a noite (18)

Marguerite Duras * escrever





















4 comentários:

  1. crepusculos, recolhimento :)

    bom dia Teresa, boa passagem para o dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o crepúsculo encerra sempre em si duas promessas: o anoitecer e o amanhecer.
      por vezes podemos amanhecer de noite e anoitecer de dia

      obrigada ana
      que encontres muito dia no teu dia

      Eliminar
  2. "Agora só resta
    tornares-te
    o poema"

    José Tolentino Mendonça/A Papoila e o Monge

    Um dia feliz, com muitos livros e flores abertos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "O poema deve
      aparecer
      como um objecto supérfluo
      e surpreendente"

      António Ramos Rosa/ Em torno do imponderável

      aberturas do dia, para ti também, ó Miss Smilinda :))

      Eliminar