Atalhos de Campo


3.3.16

São árvores, Senhor





























8 comentários:

  1. São olhos que sabem ver.
    São mãos que dao a ver.

    Boa noite, Teresa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Há uma luz
      sobre as luzes
      onde o olhar escapa a todas as luzes"

      José Tolentino Mendonça

      Que lindo, ana! Obrigada
      Boa noite para ti

      Eliminar
  2. Acho que vi o Manuel Hilário a espreitar atrás de um ramo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)))))))))
      Isso até para mim é azar!
      Manda cá o Andrhiminir depressa (mas vou esconder as vacas primeiro).

      Eliminar
  3. Tudo é cor, luz e sombra, mas a luz inunda, trespassa, altera e transforma. Tal como na vida, é o jogo de luz e sombra que parece afinal animar a nossa existência.

    Informo-vos que o Manuel Hilário acabou de trepar até à copa mais alta. Prepara a lanterna, Teresa.

    Tem uma noite de cândida luz, como essa.:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixa-o ele gosta de copas, e de copos! :))

      Obrigada, Madalena, essa era a luz de ontem, dourada como um candeeiro aceso na paisagem.
      Um beijinho para ti.

      Eliminar
  4. Majestosas. Nos dias cinzentos que correm é aproveitar a luz e o sol quando ele espreita. Beijinho Teresa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Árvores acesas ao pôr-do-sol. É mesmo, GM, hoje já não estava nada assim.
      Beijinho também, e boa noite à lareira, com gatinhos. :)

      Eliminar