Atalhos de Campo


19.2.16

Um polvo chamado Houdini



O que todas as mulheres deveriam saber 
sobre autodenominados polvos...

Braços, tenho braços,
não de polvo, sim de pó,
de nada cinza erguido
à carne que tens, e que não tens,
na brancura do mundo.
Ris, e cantas, rememoras
o princípio de tudo, a cascata
entrevista no tempo em que,
já cego,
porém te via, e amava,
de pernas laças correndo pelos montes.

Pedro Tamen



Agora, FUJAM!

Post inteiramente dedicado ao Manel Mau-Tempo, 
Conde de Osmiornica.

24 comentários:

  1. eu não!!! daqui não saio, daqui ninguém me tira...:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ana, ele como o bom polvo (à lagareiro), está escondido!
      eu não tenho ilusões, ele é ilusionista :), já foi królik, trovisco, cigano, maltês, trovoada, conde, bonzinho, bom-tempo, agora é osmiornica...se fosse a ti ia descansar e voltava amanhã, não te parece? Ainda deve estar no júri lá daquelas, pois, hum, meloas, a fazer horas (deveras) extraordinárias. :)

      Eliminar
  2. Puxa! Que imagem terrífica, e o poema até prometia. Ainda bem que o produto trazia rótulo. Publicidade enganosa!
    Não vi o segundo post porque fugi. Onde é que ele está? Suspeito que esteja a monte.:)

    Rum, rrrruuuuummmmmm

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O poeta é um fingidor...os polvos fazem de tudo, saem do frasco e entram na garrafa. :)
      Eu bem quero alertar, mas ninguém me ouve. Acho que está no monte :), a passar o fim-de-semana, consta que vai fugir do arroz de polvo e esconder-se numa salada.

      Olha, também preciso, à nossa!
      "Fifteen men on the Dead Man's Chest.
      Yo-ho-ho and a bottle of rum!"

      Eliminar
  3. bem que aviso, mas ninguém me liga :)
    larga-me a sexta e a quinta, hoje nã há polvo assado pra ninguém...

    (gostei pra lá de tanto, desde o Kraken até ao Houdini... sinto-me um pouco de tudo!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Contigo já prendi imensas receitas de polvo.:)
      A brincar para fazer o post, o que fiquei a saber, agora é a sério. Acho que escolheste bem o "boneco", sugere, como dizem, "suave inteligência". Para além disso têm neurónios nos braços :), e reconhecem sinais. São ainda "mestres da fuga", daí o meu aviso :). Houdini tinha um célebre número de mágica em que conseguia libertar-se de dentro de um aquário, como esse polvo. Quanto ao Kraken, estou a trabalhar a tua imagem para seres contratado para um certo barco pirata. Serias uma mais valia a bordo...:)
      Obrigada Manel.

      Eliminar
  4. essa dos neurónios nos braços, agrada-me. dava-me jeito alguns neurónios extra...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ana, aqui para nós, têm menos na cabeça...eu não trocava; ter Só "dois braços pensantes", ainda se fossem oito...:)

      Eliminar
  5. já faço um part-time no navio da Capitã Cuca... mas se arranjares outro, sou multitasking :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu acho que ela hoje precisa de um bate-escova-aspira para limpar o convés:). vai dar uma festa com tango, e quer que fique tudo um brinquinho; são sempre necessários mais braços...depois podes fazer a segurança.:)

      Eliminar
    2. Nem sabia da festa... só me querem para o trabalho sujo...

      Eliminar
  6. pois...não há bela sem senão... só queria uns extra e nos braços parece-me um bom lugar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso vais ter que negociar com o próprio, talvez possa dispensar alguns para os braços, dado o seu elevado Qi...:)

      Eliminar
  7. Este post tem a cara malandrinha (ou os tentáculos) do Conde Trovisco. É mesmo ele, assim e assado (mas hoje não).

    Beijinhos para os dois :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem falou em arroz malandrinho com tentáculos? Adoro!

      Não, hoje está de folga...Talvez a ensaiar o próximo número de magia.
      O que fará ele aparecer, ou desaparecer, desta vez? :)

      Eliminar
  8. ...mas não és multitas-king? No fim danças com a pirata ;)

    ResponderEliminar
  9. Teresa, afinal mudei de ideias. Podes e deves contratá-lo. Ouvi dizer que estavas a projectar uma arca de Noé, não é verdade?! Por isso, uma "suave inteligência" parece-me adequado, além disso os neurónios nos braços e a capacidade de reconhecerem sinais parece-me indispensável e com múltiplas funções e aplicações. Será necessário mantê-los calmos na viagem e um abracinho ajudará sempre a suportar o enjoo do balancé da viagem. Os animais regurgitam muito, como sabes. Por outro lado, o atributo de "Grão-mestre de fuga", é o garante de que não haverá barcocuscapirata capazes de nos abalroar. Contrata-o com todos os seus braços e com todas as tuas forças.

    Tenta como tentáculos
    De uma admiradora do Pavão|

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Polvão...?

      Por mim está contratado, resta saber se a chefe, a Grã-Capitã, o aceita. Acho uma mais-valia, como já arrisquei a dizer. Se ela o rejeitar vai connosco na arca de Noé para Marrocos, dizem que o polvo de lá é competitivo. :)

      Eliminar
  10. PAVÃO1! Fá-lo entrar, não te esqueças. Preciso que ele me distraia durante a viagem.

    Está combinado. Faremos escala em Marrocos e depois logo se vê. Estamos a braços estamos!

    Abracinho:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Companheira, isto é o post do polvo, vou ter que fazer um link para o pavão, mas ainda é possível, não quero que te falte nada, a viagem é longa!

      "Darby M'Graw-aw-aw-aw-aw-aw-aw-aw!
      Darby M'Graw-aw-aw-aw-aw-aw-aw-aw-aw-aw-aw!
      Fetch a-a-aft the ru-u-u-u-u-u-u-u-u-um, Darby!"

      Abracinho [com dois braços chega:)]

      Eliminar