Atalhos de Campo


2.1.16

Passagem para a noite (11)




6 comentários:

  1. deixo um abraço. ouço a música.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tal como a curva, o abraço faz o concreto buscar o infinito

      Eliminar
  2. E o sonho? Fica ali, bem na curva!

    Beijos, Teresa. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O sonho transforma as rectas em curvas.

      Beijos, Maria, bons sonhos.:)

      Eliminar
  3. Melancolia... Assim foi, neste dia.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há tantas coisas em curso, o fim do ano é só uma portagem... :)

      Eliminar