Atalhos de Campo


15.1.16

paisagem habitada


























6 comentários:

  1. (...)
    "Eram os pinheirais onde o céu poisa,
    Era o peso e era a cor de cada coisa,
    A sua quietude, secretamente viva,
    E a sua exalação afirmativa."
    (...)

    Sophia de Mello Breyner Andresen / Paisagem


    Sabes, fico com o coração habitado quando espreito pela tua janela. E gosto de Arvo Pärt.

    Um beijinho, Teresa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "(...)
      E elas enchiam de erva as suas
      pupilas, para que dos olhos vazios nascessem
      as flores azedas da primavera."

      Nuno Júdice/ Nova eclosão de imagens

      Um beijinho, querida Miss Smile. :)

      Eliminar
  2. Como já anteriormente confessei, andei a remexer nas gavetas dos teus arquivos, Teresa, e uma das coisas que gostei e continuo a adorar são as tuas fotografias. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ava, sou muito desleixada, devia tirar um curso de fotografia, e estudar o manual da nova máquina...talvez esse teu elogio me anime nesse sentido; afinal ainda só agora começou o ano, há que não perder a esperança. :)

      Eliminar
  3. Hum! Arvo Pärt. Für uns alle.
    Noite feliz,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma boa companhia, em qualquer paisagem.
      Outra noite feliz.

      Eliminar