Atalhos de Campo


13.1.16

as amigas




































































































































17 comentários:

  1. Oh, que lindas! Como se chamam?
    É assim que eu vejo as amigas. Nem sempre olham na mesma direção, mas desfrutam placidamente da companhia uma da outra.

    Um beijinho amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A da esquerda é a Espiga; a da direita é a Tangerina.
      É isso mesmo Miss Smile, a amizade é também uma atitude. :)

      Um beijinho amigo, voltada para si.

      Eliminar
  2. Umas giraças em amena e observadora companhia.

    Beijos, Teresa.:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miúdas giras estas, uma de cabelo hirsuto, a outra com ondulação, e nunca lhes escapa nada!

      Beijos e boa noite, Maria. :)

      Eliminar
  3. eu não quero começar nenhum outro movimento, mas tangerina?... como não ceder à vontade de a surripiar numa noite escura? :) e trazer a espiga agarradinha (já que são amigas :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha Tangerina é um mel, o cão mais doce e amigo que já tive, e fala! Vale por três tetetangerinas :); a Espiga é que é menina para ir agarradinha, às calças... portanto basta tentar surripiar a Tangerina, o resto acontece por acréscimo. :)
      Nós temos esta sina de repetir nomes...ele é flor, ele é tangerina...

      A propósito, queria ser seguidora dos seus blogues, mas não sei como fazer (vou ter que pedir ajuda ao meu filho). :)

      Eliminar
  4. de Eugénio de Andrade:

    Pêssegos, pêras, laranjas,
    morangos, cerejas, figos,
    maçãs, melão, melancia,
    ó música de meus sentidos,
    pura delícia da língua;
    deixai-me agora falar
    do fruto que me fascina,
    pelo sabor, pela cor,
    pelo aroma das sílabas:
    tangerina, tangerina.

    (enviei email)

    adoro-a.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tanger-ina. Tange-ri-na. Tan-geri-na. Tang-erina. T-ange-rina.

      a dor o-a. ad oro-a.

      Eliminar
  5. Viva,Teresa!
    Gosto de "atalhar" por aqui.Quanto às "Amigas".Amigas e silenciosas,entendem-se e entendem-nos.São -Perfeitos!Não os Amores-, mas os animais...

    Um grande xi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bela surpresa, Madalena. Adorei!
      É bom seguirmos por atalhos idênticos...
      Tens razão, amores-perfeitos só mesmo as flores e os animais.
      Um grande beijinho para ti.

      Eliminar
  6. Obrigada. Que bom, termo-nos encontrado!
    La vie c'est magic!

    Gros Bisous :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Madalena, que engraçado isto, de sentir que só agora te estou verdadeiramente a conhecer.
      Somos do mesmo sangue, mas os nossos pais eram tão amigos que foi isso de certeza que nos aproximou.
      Acho que eles até já estão a comemorar. :)

      Beijos, querida Madalena.

      Eliminar
  7. opá que queridas ! :)
    que tenhas um óptimo Domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada, Diana!
      óptimo Domingo para ti também.
      alegre, o teu blogue. :)

      Eliminar
  8. É possível. Há sempre um sem-número de factores que nos influenciam, sem nos darmos conta e apesar da pouca convivência, sempre te senti próxima. Acho que te conheço um bocadinho, talvez porque guarde memórias tuas de menina, bem recônditas.
    E quanto à confraternização dos nossos, não nos atrasámos, é que os tempos do céu nada têm a ver com os da terra.

    Beijinhos do céu e da terra

    ResponderEliminar