Atalhos de Campo


26.11.15

Eixo

(...)
Descobri que o eixo de uma aldeia pode muito bem
ser o eixo de um corpo de mulher. Soube que se 
faziam procissões perto do mar mas que estas nunca
chegavam ao mar. Fotografei a mulher mais linda da
procissão e apontei o foco à linha que divide as 
suas omoplatas - foi aí que aprendi a rezar.
(...)
Acho que a ternura é importante.

Matilde Campilho/Tiger Balm 

Imagem de Nossa Senhora colocada à entrada da  Ponte da Mulher, a pedido do seu doador.
Buenos Aires

4 comentários:

  1. "Faz o que a tua mão e o teu espírito acham que deves fazer, mergulha na hora que passa e não te ponhas a remexer nas próximas horas com o teu pensamento, os teus medos e as tuas preocupações."

    (Etty Hillesum, in Diário)

    Simone Weil dizia que a atenção é oração. Orar é estarmos presentes em cada gesto, em cada palavra. É sermos inteiros em tudo o que fazemos.

    Um beijinho, querida Teresa, com muita ternura :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Queres saber o que rezo nas orações?
      troncos secos, gravetos
      cercas e barro vermelho"

      José Tolentino Mendonça

      Um beijinho, queridas Miss Smile e flor, com a ternura em dia. :)
      E um obrigada, sempre.

      Eliminar
  2. «Não duvido que o mundo no seu eixo
    Gire suspenso e volva em harmonia;
    Que o homem suba e vá da noite ao dia,
    E o homem vá subindo insecto o seixo.

    Não chamo a Deus tirano, nem me queixo,
    Nem chamo ao céu da vida noite fria;
    Não chamo à existência hora sombria;
    Acaso, à ordem; nem à lei desleixo.

    A Natureza é minha mãe ainda...
    É minha mãe... Ah, se eu à face linda
    Não sei sorrir: se estou desesperado;

    Se nada há que me aqueça esta frieza;
    Se estou cheio de fel e de tristeza...
    É de crer que só eu seja o culpado! »

    Antero de Quental


    Um beijo às duas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (...)
      "Um místico sofrer...uma ventura
      Feita só de perdão, só de ternura
      E da paz da nossa hora derradeira...

      Ó visão, visão triste e piedosa!
      Fita-me assim calada, assim chorosa...
      E deixa-me sonhar a vida inteira!"

      Antero de Quental/ À Virgem Santíssima

      Um beijo às duas.

      Eliminar