Atalhos de Campo


24.10.15

a alma nova e o órgão velho

Se olharmos as coisas de acordo com a natureza, o homem foi feito para viver virado para o exterior. Se quiser ver em si mesmo, tem de fechar os olhos, renunciar à acção, sair da corrente. Aquilo a que se chama «vida interior» é um fenómeno tardio que só foi possível devido ao afrouxamento das nossas actividades vitais, não tendo a «alma» podido emergir e dilatar-se senão às custas do bom funcionamento dos órgãos.

E.M.Cioran/ Do inconveniente de ter nascido

Sem comentários:

Enviar um comentário