Atalhos de Campo


31.7.15

Blow-up






































































10 comentários:

  1. Será uma manifestação? ;)

    Beijinhos, Teresa. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, Maria, não é uma demonstration, é mais uma exhibition...

      Beijinhos, Maria.:)

      Eliminar
  2. Pois é os pavões.....
    E ,lindas pavoas! Mecânicas.....
    Beijinhos querida Teresa

    ResponderEliminar
  3. "Tão alegre é a Flor
    Desola a Mente
    Como se fosse Dor -
    O Belo Aflige - então?
    Deveria sabê-lo a Tradição -"

    Emily Dickinson

    Que bela surpresa, querida Ana.
    Tens razão, blow-down!

    Um beijinho (muito contente).

    ResponderEliminar
  4. Tanta formosura mesmo sem saber voar :)

    Um beijinho, Teresa e até setembro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em breve saberão esconder-se entre a folhagem das árvores...

      Bons voos, Miss Smile, vai-me fazer falta.
      Um beijinho

      Eliminar
  5. Impossível não me lembrar:

    «Entre as muitas maneiras de combater o nada, uma das melhores é tirar fotografia, actividade que deveria ensinar-se muito cedo às crianças, pois exige disciplina, educação estética, golpe de vista e dedos seguros. Não se trata de espreitar a mentira como qualquer repórter, e apanhar o estúpido perfil da grande personagem que sai do nº. 10 de Downing Street, mas, de qualquer modo, quando se anda com a câmara tem-se o dever de estar atento, de não perder esse brusco e delicioso reflexo de um raio de sol numa velha pedra, ou a corrida com as tranças ao vento de uma garota que volta com um pão ou uma garrafa de leite.

    «Blow-Up» e outras histórias, Júlio Cortazar»

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "O fotógrafo está a trabalhar num álbum documental sobre as vidas de londrinos operários, descontentes, desesperançados. Quer, no entanto, fechar com uma imagem que transmita uma certa «tranquilidade». Anda por todo o lado à procura dessa ocasião, e num dia cheio de luz, num dos inúmeros parques londrinos, segue um casal, Redgrave e um homem mais velho, que parecem em esplendor na relva.(...)
      Blow-up inspira-se vagamente num conto de Julio Cortázar, adaptado pelo cineasta e pelo grande Tonino Guerra(...)"
      Cinemateca/ Pedro Mexia

      Fiquei com vontade de conhecer a história em que se baseou este filme de Antonioni, um dos meus preferidos. Gostei muito do seu comentário, porque concordo absolutamente com o valor que a fotografia pode ter na educação das crianças, e seríamos, certamente, muito mais poupados a ver (constantemente) más fotografias...

      Um beijo G., e bom fim-de-semana.

      Eliminar
  6. Que lindos modelos pousando para a fotografia. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Modelos perfeitos, que subiram para um podium e literalmente posaram para a fotografia.
      Foi muito melhor do que seria de esperar de jovens pavões...:)

      Obrigada luisa

      Eliminar