Atalhos de Campo


7.6.15

estalactites & estalagmites
























Atravessava a pérgula de glicínias de longos dedos pendentes como estalactites, lilases e perfumados, e inclinava-se sobre as petúnias inebriantes de perfume, que se erguiam como estalagmites das taças de barro, e que, soçobrando ao excesso de peso  nos braços lânguidos, carregados de campânulas multicores, se debruçavam pelas varandas. Algumas eram roxas, de colarinho branco muito bem engomado, outras pareciam pequenos guarda-sóis de riscas desbotadas em praias antigas, a espreitar timidamente por entre as explosões de vermelho(reacendendo o das papoilas), e os maciços brancos, de pétalas sempre doces e angelicais. Ia cortando com cuidado os delicados caules das flores velhas e murchas, entre o polegar e o indicador, algumas tão idênticas aos novos botões, frescos e longilíneos, que lhe parecia terem recuperado na velhice a inocência da juventude.

Sem comentários:

Enviar um comentário