Atalhos de Campo


11.6.15

Amor


























O pensamento é virgem como a açucena ou outra flor qualquer
antes que o mesmo pólen a inocule e a ideia germine
e o pensamento do homem fique grávido de mulher,
que recebeu e a quem se oferece o mesmo sémen.
Os frutos da terra têm o sabor do matrimónio
concebido no amor de Tobias por Sara.
Eu espero, espero, sou um contemplativo, sou um botão em flor
que quando rebenta se desdobra violento numa rosa
e chama a atenção dos passeantes que se debruçam e me aspiram o                                                            perfume
e então sou homem de acção, sorrindo fecundo...
e os homens às vezes rebentam de amor...
são uns balões a quem um miúdo esperto e reinadio espetou um                                                         alfinete...
Ruy Cinatti


4 comentários:

  1. "Se eu pudesse trincar a terra toda
    E sentir-lhe um paladar,
    Seria mais feliz um momento ... "

    Um beijinho e boas colheitas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Sentir como quem olha,
      Pensar como quem anda,"

      Um beijinho, Miss Smile.

      Eliminar
  2. «O que é preciso é ser-se natural e calmo
    Na felicidade ou na infelicidade,
    E que o poente é belo e é bela a noite que fica..."

    Boa tarde, Teresa.

    ( que maravilha este seu blog!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Assim é e assim seja..."

      Que maravilha de colheitas!
      Boa noite, JM.

      Eliminar