Atalhos de Campo


1.6.15

a rainha branca, o cavalo preto, o peão, e a intrusa

Jogavam um jogo de concentração e poder, nenhum se mexia, até que o peão começou a chamar a atenção, piando aflito. A intrusa foi à janela e largou tudo para correr escada abaixo. A rainha branca, uma Jack Russell terrier igual ao tio Francisco (não lhe escapa nada)- que a natureza premiou com genealogia e inteligência- vigiava silenciosamente deitada sobre a relva, apontando o focinho e as patas da frente para o canteiro; o cavalo preto, elegante e felino- que a natureza premiou com elasticidade e astúcia- fingia, voltando as costas a preparar passo fino e certeiro, enquanto vocalizava ligeiramente assanhado, a dois metros de distância. A intrusa mandou parar o jogo, mas não encontrou nada. Tinha a certeza que era impossível, e procurou melhor. O peão estava escondido por baixo do rebordo do canteiro, confundindo-se com a terra. A intrusa pegou nele, reparando que já levara umas lambidelas no alto da cabeça sem penas, e o jogo ficou empatado.  

Sem comentários:

Enviar um comentário