Atalhos de Campo


27.4.15

o crochet e a batalha naval

Ressentimentos abertos, e fechados
labirínticos mares  
por secretos submarinos navegados
em cérebros matemáticos
doces lares 
com brilhantes cabelos disfarçados,
e alegres decorações. 
De pauzinhos a três, e a dois,
porta-aviões, barcos de quatro lugares
na ponta dos belos indicadores
assomam guerras
ocultos amores,
e sobre novelas 
jazem bélicos napperons,
feitos de entrelinhas às cores.   
É PRECISO REABILITAR O CROCHET,
estava escrito à janela da Casa do Povo.
Chochet que rima com psishé
(e penteadeira)
E não é que a Joana se lembrou
de vestir o par-lamento,
em ruidosa ovação,
E a Adília, que é de outra família
fechou os ministros lá dentro
com nós cegos
e pregadeiras,
e se riu muito,
das suas asneiras.

2 comentários: