Atalhos de Campo


23.2.15

fragmento

Eu-amo-te não tem utilidade. Esta palavra, tal como a utiliza uma criança, é encarada sem qualquer constrangimento social; pode ser uma palavra sublime, solene, ligeira, pode ser uma palavra erótica, pornográfica. É uma palavra socialmente oscilante.

Roland Barthes/ Fragmentos de um Discurso Amoroso/ EU AMO-TE

Sem comentários:

Enviar um comentário