Atalhos de Campo


8.9.14

Surrealista praticante



Para  Dali, as datas e os factos não são mais que
oportunidades para transpor o presente e criar o
futuro de acordo com os seus princípios de paranóia-
crítica que permite viver vários presentes de uma
situação ou suscitar tantas imagens diferentes quantas
a capacidade imaginativa criar. Verificámos com a
maior precisão os acontecimentos da sua surpreendente
existência, mas sabendo que o essencial se encontava
menos na verdade do pormenor que na visão profunda
de um caminho e na análise que ilumina este destino
fora de série.

André Parinaud/ Comment on devient Dali (Preâmbulo)