Atalhos de Campo


24.9.14

Na rua



(...)
O solitário aprende a andar de lado
A parar quando se sente ébrio de solidão
O solitário caminha em todas as direcções
Vagueia rompe esquiva-se simula
Move-se mas sem tardar
Tudo remexe e lhe mete medo
O solitário mal o chamam
Faz-se todo pequeno minúsculo inexistente
Faz de conta que não ouve
(...)
Paul Éluard/ Du Fond De L'Abîme