Atalhos de Campo


18.8.14

A sesta

Os gatos dormem a sesta, sempre. De manhã cedo aparecem frescos, mas ainda não se deitaram. São noctívagos por natureza, irrequietos e caçadores de qualquer coisa que mexa. Por isso a certa altura desaparecem e...dormem, muito, enquanto nós trabalhamos e estamos activos, eles dormem uma boa soneca; é o seu ciclo de vida natural, ainda mais acentuado quando vivem no campo. Dizem os especialistas em sono que a sesta pode ser benéfica, (os alentejanos que o digam), mas lembro-me de que em pequena detestava ser obrigada  a dormir depois do almoço, de apanhar os meus pais a dormir e de fugir para as minhas brincadeiras de gato diurno.
Descobri há pouco tempo que isso de recusar as sestas, no meu caso, não era necessariamente mau, porque «a sesta é boa para uns e deve ser evitada por outros. O sono é como um copo de água: pode beber-se de uma vez ou às pinguinhas, mas o total é sempre o mesmo.», como escreve Teresa Paiva, a nossa maior especialista  em Medicina do Sono. Ou deverá ser como um copo de água por dia, bebido à mercê da sede, acrescento, pensando no meu.