Atalhos de Campo


11.8.14

Golas altas



Há uma idade dos espelhos gloriosos, e uma idade
para chorar em frente ao espelho. Pode ser na tua
casa de banho, com ou sem garrafa de vinho (embora
eu ache que uma garrafa de vinho merece melhor des-
tino). Há um dia em que magicamente deixam de olhar
para ti, e é nesse dia estranho que percebes com
quem passas agora a viver, e percebes porquê, por
isso choras, um choro bom, de quem aceita.
Uma década depois assumes que choraste, já pensaste
sobre isso, já encaixaste isso, podes até ironizar,
podes até ver com humor a beleza perdida, a da pró-
xima década, como quem passa e não repara.