Atalhos de Campo


26.7.14

As borboletas de Churchill



Antes da guerra, Churchill voltou à sua paixão de
infância, criar borboletas, mas só depois de 1945
conseguiu prosseguir com o seu intento de repovoar
o estado de Kent, (onde a bela casa de tijolo verme-
lho se implantara, entre jardins, lavandas e lagos),
com espécies já desaparecidas, e outras exóticas.
Churchill tinha o hábito de dar garden parties en-
cantando os seus convidados com as centenas de bor-
boletas que comprava para esse fim a um conhecido
dealer, que o convenceu a converter a casa de verão
de Chartwell que era pouco usada, em santuário para 
criar borboletas, e o jardim num jardim de borbole-
tas. Quando morreu em 1965, Churchill deixou esta
paixão como um legado em Chartwell, e um exemplo
para o mundo.