Atalhos de Campo


25.6.14

Elegia

Na embriaguez vasta dos espaços
na solidão desértica da alma
o meu amor profundo pela arte 
o meu ódio selvagem contra mim

Ruy Belo/ Despeço-me da Terra da Alegria