Atalhos de Campo


12.5.14

O Tempo e o nada

 
Só se conhece aquilo a que nos prendemos. Os homens de hoje não têm tempo de se prenderem a nada. Compram tudo feito. E como o amor não se compra, não amam.
Saint-Exupéry