Atalhos de Campo


21.5.14

As tais três coisas...

     Pois é, como deixou escrito José Martí, poeta cubano, mas em relação às mulheres parece ser mais verdadeiro assim: tratar a árvore, cuidar do filho e ler um livro, se tiver tempo.
             A escrita, ou outra actividade artística, debate-se com um problema, ter tempo e espaço, e nós, esses seres maravilhosos e altruístas, perdemos muito tempo e não somos donas, de casa nenhuma.
     Comportamo-nos como uns Adamastores cor-de-rosa, sem consciência do seu poder, rugindo, mas ensinando sempre o caminho do Cabo da Boa Esperança, sem perder essa capacidade de se comover e de chorar.