Atalhos de Campo


17.8.17

melrax # 4

tão feiinho, como é que o vou apresentar ao meu filho

(ainda) Melrax # 3

Claro que o melro é um sobrevivente, pensava eu, ao vê-lo comer comida para gato sem a menor repulsa. Afinal não é ele, como diz Kundera, que há séculos vem desistindo de viver no campo para conquistar as principais cidades da Europa? Não o recrimino, se o campo é, tantas vezes ainda hoje, uma saraivada de chumbos. E Melrax, o olisipógrafo, conquistou Lisboa.

(continua)